Professor de ensino privado de MS quer melhor salário este ano
Estilo News
14 de Janeiro de 2015 às 14h21min
Professor de ensino privado de MS quer melhor salário este ano

Douradosnews

As lideranças sindicais dos professores e funcionários de escolas e universidades particulares de Mato Grosso do Sul já se articulam para negociar a nova convenção coletiva de trabalho 2015/16, para vigorar a partir de 1º de março.

Elas já avisaram que querem avançar mais nos percentuais de reajuste salarial com base nos percentuais de reajustes utilizados pelos estabelecimentos de ensino para as mensalidades escolares, informa Ricardo Froes, presidente do Fitrae MS/MT (Federação Interestadual dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino dos Estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso).

Em dezembro a federação realizou a IV Reunião de diretoria, em Campo Grande, onde participaram representantes de sindicatos filiados à Fitrae e o assessor jurídico da entidade, José Geraldo Santana. Eles se articularam e formularam estratégias para a Campanha Salarial 2015.

Eduardo Botelho, presidente do Sintrae/MS (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul) afirmou que as escolas e universidades precisam valorizar mais o trabalho de professores e funcionários. “É preciso que as instituições de ensino sejam mais justas, pagando salários dignos a seus funcionários”, afirmo

Envie seu Comentário
Atenção! O Estilo News não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Nome:* (obrigatório)
Email:* (não será divulgado)
Comentários:* (seu comentário será moderado)
 
 
2015 © - Estilo News - Todos os direitos reservados.
Estilo News.com.br
E-mail:toniazzoproducoes@hotmail.com
Endereço: Rua Eduardo Trindade, nº 638 - Jardim Trindade e Nunes
Cep: 79.130-000 - Rio Brilhante/MS
Telefone da Redação: (67) 3452-3313



 
 
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos seus autores.


Desenvolvido por: Webecom