Vereador quer antecipação de férias escolares e suspensão de Creches
Estilo News
20 de Maio de 2016 às 01h51min
Vereador quer antecipação de férias escolares e suspensão de Creches

Da Redação
Segundo a assessoria os postos de saúde tem vacinas suficiente para atender as pessoas do grupo de risco que inclui as crianças até 5 anos de idade.

Com os fortes indícios de epidemia da gripe HINI, o vereador Giancarlo Mariano - Gi  do PPS, protocolou na última quinta-feira na Câmara, o pedido de indicação que antecede as férias na rede pública e a suspenção nos Centros de Educação Infantil, uma forma de prevenção contra a gripe.

A poucos dias a Centro de Educação Infantil Frei Everardo Kremper, teve suas aulas suspensas, por 10 dias. Além de duas crianças outros dois funcionários também apresentaram suspeita da gripe. O estado de saúde não é grave, segundo informações. Já  a assessoria alertou que, os postos de saúde tem vacinas suficiente para atender as pessoas do grupo de risco que inclui as crianças até 5 anos de idade.

Leia na integra a justificativa do pedido do vereador Giancarlo:


A Gripe causada pelo vírus influenza H1N1é uma doença transmitida de pessoa a pessoa através de secreções respiratórias, principalmente por meio da tosse ou espirro de pessoas infectadas.
A transmissão pode ocorrer quando houver contato próximo (aproximadamente um metro), principalmente em locais fechados, com alguém que apresente sintomas de gripe (febre, tosse, corisa nasal, espirros, dores musculares).
Caso ocorra a transmissão o sintoma pode iniciar no período de três a sete dias após o contato.
Mato Grosso do Sul contabiliza 20 (vinte) mortes por H1N1, a informação consta em boletim epidemiológico divulgado na tarde do dia 18 de maio pela secretaria de estado de saúde.
Conforme a fonte oficial, os dados foram atualizados até o dia 17 de maio, terça feira, do total de óbitos, 7 foram em Campo Grande – MS, 4 em Naviraí - MS, 2 em Três lagoas - MS, além de Aquidauana - MS, Caarapó - MS, Corumbá - MS, Coxim - MS, Jutí - MS, Macaraju - MS e São Gabriel do Oeste - MS.
Ainda de acordo da a SES, até o momento, este ano foram contabilizados 373 notificações ou internações, sendo 101 confirmados. 
A última vítima da gripe H1N1 em Campo Grande-MS foi o professor Edevaldo Souza Prado, de 57 anos, que lecionava na escola estadual em tempo integral Amélio de Carvalhos Bais.
Em razão da morte do Professor a FETENS já procurou o Governo do estado de Mato Grosso do Sul para fazer valer a legislação estadual n° 3829, de 23 de dezembro de 2009, para dar direito de vacinação gratuita em todos os postos do estado aos profissionais em educação. 
Como a lei acima mencionada visa tão e somente os profissionais da área da educação não abrangendo então os profissionais que trabalham na limpeza, merendeiras, monitores, e principalmente os alunos com mais de 5 anos de idade, e sabedor que não há vacina para todos, é que pedimos a antecipação das férias escolares no município de Rio Brilhante - MS e no Estado de Mato Grosso do Sul, para que haja tempo hábil no fornecimento da vacina a todos, pois o caso é grave, é sério e todos devemos tomar as medidas que nos competem para prevenir, haja vista que há risco de epidemia.
Nesse sentido que hora faço a Indicação que serve como medida cautelar visando o combate da gripe H1N1.
"Tal medida já foi tomada em alguns Municípios do nosso Estado de Mato Grosso do Sul".

Envie seu Comentário
Atenção! O Estilo News não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Nome:* (obrigatório)
Email:* (não será divulgado)
Comentários:* (seu comentário será moderado)
 
 
2015 © - Estilo News - Todos os direitos reservados.
Estilo News.com.br
E-mail:toniazzoproducoes@hotmail.com
Endereço: Rua Eduardo Trindade, nº 638 - Jardim Trindade e Nunes
Cep: 79.130-000 - Rio Brilhante/MS
Telefone da Redação: (67) 3452-3313



 
 
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos seus autores.


Desenvolvido por: Webecom